Páginas

domingo, 19 de abril de 2015

Bier Tour da Vila St. Gallen


Estivemos no templo cervejeiro de nossa cidade, a Vila St. Gallen, dessa vez para fazermos a Bier Tour. Neste passeio, os visitantes conhecem a história, os ingredientes, os principais estilos e o processo de produção. Ao final, ainda é oferecido uma experiência degustativa com ótimas dicas de harmonizações.


Primeiramente, somos levados num passeio histórico sobre o mundo das cervejas, desde os primeiros registros do líquido ancestral até os dias de hoje, passando pela história da própria Cervejaria Therezópolis e da Vila St. Gallen.

A nossa guia foi a Paula Pampillón, sommelier de cervejas da casa, que mostrou um profundo conhecimento e um amor verdadeiro pelo líquido sagrado.

Em seguida, a palestra foi sobre o processo de produção da cerveja. Na própria microcervejaria localizada dentro da Vila, são apresentados os ingredientes, o equipamento e todo o tempo e trabalho gasto para se fazer uma cerveja puro malte de qualidade.


Ao final da Tour, acontece uma degustação das cervejas da Therezópolis acompanhadas de queijos que harmonizam perfeitamente com cada estilo servido. A apresentação das cervejas é feita pela Paula, que descreve os diferenciais de cada um dos rótulos, dos ingredientes às sensações sensoriais, e dá as dicas de harmonização.


A porta de entrada da degustação foi a Therezópolis Gold, uma American Lager, acompanhada de queijo parmesão. Em seguida, foi a vez da mais nova cerveja da casa, a Or Blanc, uma Belgian Witbier, com característica presença de notas cítricas e altamente refrescante. Esta, por sua vez, foi harmonizada com queijo de cabra.

Após a entrada com duas cervejas leves, foi a vez da Elfenbein, uma Weiss de corpo médio e características tradicionais do estilo. O queijo escolhido para acompanhá-la foi o Brie.

Finalizando a degustação, dentro da linha Therezópolis, foram servidas duas cervejas mais complexas. O quarto rótulo foi a Rubine, um tradicional Bock de intensa e belíssima cor vermelha, o destaque fica por conta do sabor frutado de ameixa e o tostado que lembra açúcar mascavo. O queijo da vez foi o Caciocavallo. Por fim, a última cerveja servida foi a Ebenholz, uma Munich Dunkel escura, quase preta, com destaque para os maltes torrados. O queijo escolhido para harmonizar com a última cerveja da Tour foi o Emmental.


A Bier Tour da Vila St. Gallen é uma experiência muito rica, indicada tanto para aqueles que estão começando a conhecer o mundo das artesanais, quanto para aqueles que já apreciam e querem conhecer um pouco mais sobre a história, o processo de produção e as diversidades sensoriais proporcionadas pelas cervejas. Para recordação do passeio, todos ganham uma linda caneca da St. Gallen.


Para agendar uma Bier Tour e saber mais, o site da Vila: http://www.vilastgallen.com.br/


Vida Longa, Próspera e Ébria!

Nenhum comentário:

Postar um comentário