Páginas

segunda-feira, 1 de setembro de 2014

10º Encontro do Teresópolis Beer Club


O 10º Encontro do Teresópolis Beer Club aconteceu no último sábado de agosto, dia 30/08/2014. O evento ocorreu no Bar e Petiscaria 1&90 e estiveram presentes: Igor, Luisa, Beto, Plínio, Penha, Vitor, Nathália, Solana e Leandro (respectivamente na foto abaixo).


A primeira cerveja degustada no evento foi a inglesa Young's Double Chocolate Stout, da maior cervejaria privada do Reino Unido, Wells & Young's1, uma Sweet Stout com 5,2% de teor alcoólico e envasada em garrafa de 500ml. Feita com barras do tradicional chocolate Cadbury, dizem ser a primeira cerveja no mundo a usar chocolate em sua fórmula. Carrega ainda em sua composição malte Pale Ale e Crystal, malte Chocolat, uma mistura especial de açúcares, lúpulos Fuggle e Goldings e essência de chocolate. Luxuosa, tem sido reconhecida como uma bebida premiada em diversas ocasiões, como: Brewing Industry International Awards Gold Medal Winner 2000, Silver Medal Winner 2002 and Bronze Medal Winner 1998 and 20042.

A cerveja foi muito bem recebida, seu rótulo passava um ar de luxo e imponência, típico da realeza. No copo, uma cerveja que aparenta ser densa, possui uma cor preta opaca com uma espuma marrom de média formação e boa duração. O chocolate é bem evidente no aroma, com maltes torrados em segundo plano. No sabor, também se destaca o chocolate, e não era pra ser diferente dada a proposta da cerveja. Muitos lembraram do sabor do capuccino. O amargor é baixo, quase não se nota a presença de lúpulo. Cerveja leve e aveludada, possui um conjunto que agradou muito os paladares dos degustadores.

A conclusão de que se estava tomando uma grande cerveja foi unânime, para alguns foi a melhor cerveja já degustada durante toda a nossa jornada. A Double Chocolate fica com a 3ª melhor posição no ranking geral do Teresópolis Beer Club.


Avaliação Média - Young's Double Chocolate Stout
Geral: 4,2
Aroma: 8/10
Aparência: 4/5
Sabor: 16/20
Sensação: 5/5
Conjunto: 9/10

Excelente sabor de chocolate, essencial para quem curte Stout. (Plínio Alves)

Sensacional!!! Um gosto de capuccino, adorei!!! Provarei novamente. (Nathália Cardoso)

Aroma presente do chocolate, boa formação de espuma. Cor ideal de uma Stout e sabor entre uma cerveja amarga e um capuccino. Impressionante! (Vitor Oliveira)

Um amargor magnífico de capuccino que encanta qualquer paladar. Cerveja incrível! (Solana Guerra)

Um belo exemplo de stout, chocolate é evidente na aparência, no aroma e no sabor. Ótima! (Leandro Rocha)


A segunda cerveja degustada foi a nacional Colorado Vixnu, da tradicional cervejaria Colorado de Ribeirão Preto-SP3, uma Imperial IPA (India Pale Ale) com 9,5% de teor alcoólico e envasada em garrafa de 600ml. Em 2010, os mestres cervejeiros Patrick Zanello e Matt Brynildson (Firestone Walker) fizeram uma receita colaborativa seguindo a linha da receita original da já famosa Indica. Realçando maltes e lúpulos na receita, criaram uma Imperial IPA que foi chamada, a princípio, de Double Indica e que depois foi batizada com o nome da deusa hindu Vixnu. A receita final foi afinada pela equipe cervejeira da fábrica.  A cerveja Vixnu não é pasteurizada e tem toda sua cadeia refrigerada, desde a fábrica, transporte, distribuição até o ponto de venda. Tudo isto para preservar os aromas e os sabores dos lúpulos americanos utilizados na sua fórmula4.

O rótulo traz um trocadilho bem interessante com uma imagem de um urso de quatro braços, os quatro braços fazendo referência à deusa hindu e o urso ao mascote da cervejaria. No copo, um líquido acobreado com espuma de cor bege claro e de média formação, presença de muitas bolhas e de um pequeno laço que aparece conforme se vai bebendo. O lúpulo é muito presente no aroma, assim como o cítrico. O sabor, como esperado, é de uma amargor intenso, o lúpulo reina. O alto teor alcoólico é muito bem inserido. Possui um corpo médio e um retrogosto moderado.

As reações foram extremas, teve quem amou e quem odiou. Os paladares mais experientes e mais acostumados ao amargo do lúpulo adoraram e ingeriram facilmente os 600ml da bebida, em compensação teve quem nem conseguisse terminar o primeiro copo.


Avaliação Média - Colorado Vixnu
Geral: 3,2
Aroma: 6/10
Aparência: 4/5
Sabor: 12/20
Sensação: 3/5
Conjunto: 7/10

Uma "porrada", essa é a palavra para Vixnu. Imperial IPA como deve ser, lupulada até a tampa. Boa coloração, formação de espuma média e um amargor pulsante. (Vitor Oliveira)

A Colorado se superou. Cerveja acobreada com muitas bolhas. Aroma intenso de lúpulo. Na boca, um amargor intenso que abafa o alto teor alcoólico. (Leandro Rocha)

Uma verdadeira IPA. Ao beber, o amargor com marcante retrogosto. Linda aparência. Uma boa apreciação! (Nathália Cardoso)

Com um amargor agradável que não permanece na boca, cria uma sensação gostosa ao se beber. (Solana Guerra)

Apresenta uma proposta fiel, com paladar marcante e forte. Contudo apresenta um retrogosto menos acentuado, o que permitiu facilmente ingerir os 600ml. (Plínio Alves)


Infelizmente, tivemos problemas com a logística neste mês. A princípio, a cerveja escolhida havia sido a Wells Banana Bread, porém o site "Empório Veredas"5 teve problemas com a postagem do produto e atrasou, sendo impossível a chegada das cervejas até a data do encontro. Após votação dos membros do grupo, decidimos por substituir as Banana Bread e deixá-las para o 11º encontro. Assim, a também inglesa Double Chocolate entrou no time, adquirida no supermercado Pão de Açúcar6. A Colorado Vixnu foi comprada no supermercado Zona Sul7. Tivemos, nesse encontro, folhetos informativos que foram preenchidos durante a degustação.


Vida Longa, Próspera e Ébria!



Fontes:
3- http://www.cervejariacolorado.com.br/
4- http://www.cervejariacolorado.com.br/cervejas/vixnu.php
5- http://www.emporioveredas.com.br/
6- http://www.paodeacucar.com.br/
7- http://www.zonasulatende.com.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário