Páginas

domingo, 27 de julho de 2014

9º Encontro do Teresópolis Beer Club


O 9º Encontro do Teresópolis Beer Club aconteceu em 26 de julho de 2014, último sábado do mês. Apesar do dia chuvoso, a maioria dos degustadores compareceram. Estavam presentes: Beto, João, Camila, Bernardo, Fernanda, Leandro, Penha, Luisa, Solana, Nathália e Vitor. Infelizmente, três pessoas não puderam comparecer. O evento ocorreu no Bar e Petiscaria 1&90.


A primeira cerveja escolhida foi a holandesa La Trappe Blond, da cervejaria De Koningshoeven1, uma Belgian Blond Ale com a marca "Trapista" de qualidade, com 6,5% de teor alcoólico e envasada em garrafa de 335ml. A escolha foi feita a pedido do nosso membro Vitor. La trappe carrega a essência dos monges trapista e, dizem, que em seu sabor é possível sentir o silêncio que representa a existência daqueles monges. Uma das únicas a receber o selo Trapista fora da Bélgica, é produzida no mosteiro "Onze Lieve Vrouw van Koningshoeven". Este foi fundado em 1881, por uma ordem refugiada da França. Para subsistirem, os monges começaram a recuperar e cultivar a terra pobre da região, mas quando as atividades da quinta já não supriam as suas necessidades básicas, o monge superior decidiu começar a produzir cerveja. A cerveja hoje é a principal fonte de renda do mosteiro e traz o prazer do tradicionalismo cervejeiro para o mundo todo, por mais de cem anos utilizando uma receita que não envolve nada além de ingredientes puros e naturais: lúpulos, cevada, fermento e água da fonte de Koningshoeven.  Atualmente, os monges proprietários da marca registrada La Trappe já não trabalham mais na sua produção, mas continuam de olhos atentos em todo o processo. Uma parte dos lucros proveniente das bebidas vai para os mosteiros na Indonésia e Uganda2.
Toda a história por trás dessa Trapista é vista na garrafa e no rótulo, o interesse por degustar o produto de todos os anos de tradição era grande. No copo, um líquido dourado muito bonito e uma espuma branca de boa formação e longa duração. O aroma era o adocicado típico das blonds belgas, com mel em segundo plano. O sabor começava com um leve adocicado e terminava com um leve amargor, algumas notas remetiam ao doce do mel e ao cítrico do suco de maça.
O conjunto agradou a maioria dos participantes e, na média, teve uma boa avaliação.


Avaliação Média - La Trappe Blond
Geral: 3,5
Aroma: 6/10
Aparência: 4/5
Sabor: 14/20
Sensação: 3/5
Conjunto: 8/10

Uma bela cor dourada, formação de espuma intensa. Um sabor cítrico, doce no início e um leve amargor no final. Ótima cerveja! (Vitor Oliveira)

Uma cerveja que não deixa a desejar. Bonita no copo e, na boca, um sabor digno de todo a tradição empregada em seu processo de fabricação. (Leandro Rocha)

Com leve sabor frutado, é agradável no paladar. (Solana Guerra)

Aroma cítrico, boa aparência. O gosto lembra maça. Diferente! (Nathália Cardoso)


A segunda cerveja escolhida foi a nacional Ouropretana Amburana Brown Porter, da cervejaria mineira Ouropretana3, uma Brown Porter com 4,9% de teor alcoólico e envasada em garrafa de 310ml. Fundada em 2011, a cervejaria de Ouro Preto-MG buscou na história os princípios e fundamentos para a produção de suas cervejas, aliando tradição à tecnologia no desenvolvimento da bebida. Temos uma porter que tem como diferencial sua maturação, em que uma parte é armazenada durante 10 dias em barril de amburana. Não utiliza conservantes químicos4.
A cerveja apresenta um rótulo simples e bonito. No copo, um marrom quase negro com uma espuma marrom clara que apareceu pouco e se dissipou rapidamente. O aroma intenso e adocicado remete a café e malte torrado. O café predomina no sabor, baixo amargor e notas de chocolate e defumado.
A mineirinha deixou uma ótima impressão para a maioria dos participantes do encontro. Recebeu boas avaliações e entrou para a lista das 10 melhores cervejas do TBC, com o 8º lugar.



Avaliação Média - Ouropretana Amburana Brown Porter
Geral: 3,6
Aroma: 8/10
Aparência: 4/5
Sabor: 14/20
Sensação: 3/5
Conjunto: 7/10

Cerveja que me conquistou pelo seu aroma. Uma boa porter! (Leandro Rocha)

Boa coloração e formação de espuma protuberante, porém o baixo amargor deixou a desejar. (Vitor Oliveira)

Fiel ao estilo, tem um sabor agradável de café e chocolate com o amargor na medida. (Solana Guerra)

Ótima cerveja, leve amargor e bom creme. Tomaria novamente. (Nathália Cardoso)


Ambas as cervejas foram compradas no site mineiro "Empório Veredas"5, possui uma variedade enorme de cervejas e disponibiliza em grandes quantidades. O Empório possui diversas cervejas de microcervejarias do Brasil, principalmente de Minas Gerais, o que chamou a minha atenção. A compra foi feita sem problemas, acima de determinado valor eles ainda deram desconto. O frete é feito via Correior-PAC6 e a entrega, como sempre, foi muito rápida e eficiente. As cervejas estavam muito bem embaladas em caixa de isopor com isopor picado no interior pra melhorar a proteção. A loja ainda mandou algumas bolachas porta-copos de brinde. O único contratempo foi que a entrega foi feita em duas partes e isto não ficou claro em momento nenhum, mas liguei pro atendimento deles e foram muito atenciosos ao me explicar o ocorrido. Um ótima opção de compra na Internet.
Os folhetos informativos foram distribuídos e, pela primeira vez, as avaliações foram preenchidas durante a degustação. Foi uma ótima noite familiar e cervejeira.


Vida Longa, Próspera e Ébria!



Fontes:
1- http://www.koningshoeven.nl/en/abbey/brewery.php
2- http://www.latrappetrappist.com/en-en/trappist-beers/la-trappe-blond/
3- http://cervejariaouropret.wix.com/
4- http://cervejariaouropret.wix.com/ouropretana#!cervejas/ch8j
5- http://www.emporioveredas.com.br/
6- http://www.correios.com.br/para-voce/correios-de-a-a-z/pac-encomenda-economica

Nenhum comentário:

Postar um comentário